O eixo temático da Escola Terra Firme neste ano é “Ecos da Terra” e uma das formas da escola ecoar, tanto nas famílias como no futuro dos alunos e alunas, é oferecer acesso a uma alimentação saudável. E quem conhece a cozinha da Terra, ou apenas passa por lá, sente aquele saudável cheirinho de casa de vó, ou seja, de “comida de verdade*”, aquela que alimenta e proporciona bem-estar.

A nutricionista da escola, Amélia Gomes, explica que na cantina é servida uma alimentação caseira, feita com muito amor, pelas irmãs Janete e Josefa, que são orientadas por ela. Amélia é produtora de verduras e legumes orgânicos, os quais são usados na escola. “Sempre priorizamos alimentos in natura, respeitando a sazonalidade como a base para a elaboração do cardápio”.

Educação Alimentar e Nutricional

Todos os dias, é oferecido arroz branco, arroz integral, feijão, seis tipos de saladas, proteína e legumes. Quem acompanha as crianças, com orientação da nutricionista, estimula o consumo do arroz integral aliado ao feijão, buscando aliar o prazer de experimentar sabores a alimentos com nutrientes importantes. “A educação alimentar e nutricional deve ser feita de forma leve e prazerosa, oriento os professores e professoras a conversar com as crianças e explicar sobre os benefícios de uma alimentação adequada e saudável. Não se deve impor, mas a ensinar a fazer boas escolhas, sem necessidade de radicalismos. O objetivo é ensinar a comer com prazer e a gostar de alimentos que são nutritivos”, diz.

Amélia também explica a importância de se compreender a alimentação como uma atividade social e cultural. “É preciso saber sobre os hábitos de alimentação que as crianças trazem de casa, associando esses saberes construímos um hábito alimentar saudável e prazeroso”.

Hora do Lanche

A escola oferece uma grande variedade de frutas, principalmente as sazonais, com o incentivo de professoras e professores. Também há opções de salgados e bolos preparados na escola, todos caseiros e com quantidade moderada de sal, açúcar e gorduras. Os sucos são naturais, sempre disponíveis, assim como os chás. Também se oferece granola com iogurte, cereais e opções saudáveis de biscoitos.

Quanto aos lanches enviados pelos pais e mães, o ideal é incluir frutas, grãos como amêndoas ou nozes, um carboidrato, dando preferência para alimentos produzidos de forma natural, tanto em casa como em panificadoras, evitando os industrializados. Da mesma forma, em relação aos sucos, deve-se dar preferência para os sucos naturais ou de polpa, além dos chás. A escola proíbe o consumo de refrigerantes, bolachas recheadas, salgadinhos. Evite os ultraprocessados em geral.

Caso alguma criança tenha restrições alimentares é necessário avisar a escola.

O cardápio da escola fica disponível aqui – https://escolaterrafirme.com.br/wp/cardapio/

*Comida de Verdade – segundo a explicação do jornalista especialista em alimentação, Michael Pollan, “Comida é aquilo que a sua avó chamaria de comida”.

Texto: Karina Ernsen
Fotos: Gilson Camargo

#TerraFirme30anos