A turma do 9º ano mergulhou na complexidade da Segunda Guerra Mundial. Sob a orientação do professor de História, Sidinei José da Silva, alunos e alunas tiveram uma experiência de aprendizado rica e envolvente, que culminou com a elaboração de jogos de tabuleiro sobre o conflito. A experiência foi um exemplo de como o aprender pode ser uma jornada significativa, capacitando cada estudante a ser um agente ativo de seu próprio aprendizado.

A abordagem pedagógica adotada pelo professor teve início com uma conversa sobre o que os adolescentes já sabiam a respeito do assunto. A partir daí, o tema foi ampliado e aprofundado por meio de pesquisas e discussões em sala de aula. Sidinei destaca a importância de envolver os estudantes ativamente, utilizando recursos lúdicos, no processo de aprendizado. “Gosto de usar o lúdico sempre que possível. Ele possibilita ao aluno ousar no processo criativo, dando inúmeras possibilidades de ressignificar e transformar a teoria aprendida em sala”.

Interdisciplinaridade e imersão sensível no tema estudado

A turma assistiu ao filme “A Vida é Bela”, uma obra cinematográfica que aborda de forma sensível os horrores da guerra, e realizou uma visita ao Museu do Holocausto. Essas experiências proporcionaram um contato com os eventos traumáticos desse período sombrio da história humana. “A visita ao museu possibilitou uma imersão nesse momento tão cruel da humanidade. Permitiu que os alunos compreendessem a magnitude do que foi vivido na época”, explica Sidinei.

Em outra disciplina, a de Língua Portuguesa, com a professora Maria Carolina de Almeida Amaral, a turma está lendo o livro “Maus”, de Art Spiegelman, que aborda o tema. A partir dessa leitura, os alunos e alunas também estudam poemas relacionados à guerra, como “Rosa de Hiroshima”, de Vinícius de Moraes.

Jogos de tabuleiro: envolvimento possibilitou aprofundamento

No decorrer do processo de pesquisa surgiu a ideia de sistematizar o aprendizado com a criação de um jogo de tabuleiro. Os estudantes abraçaram o desafio, assumindo o papel de arquitetos de um aprendizado significativo. Através da elaboração das perguntas para o jogo, eles puderam expressar de maneira criativa e autêntica o que aprenderam sobre a Segunda Guerra Mundial.

O processo de concepção e construção do jogo revelou muito sobre o envolvimento dos alunos no tema. Por conta disso, o professor expressou seu contentamento com o resultado. “Fiquei muito satisfeito com o produto final. O tabuleiro e todo o processo de concepção e construção demonstraram o envolvimento e aprendizado dos alunos em relação a um tema tão impactante de nossa história, que foi a Segunda Guerra Mundial.”

Fotos: Gilson Camargo